Home destaque Decisão do Tribunal de Justiça deixa população aguadocense revoltada pelas ruas da cidade.

Decisão do Tribunal de Justiça deixa população aguadocense revoltada pelas ruas da cidade.

0
Decisão do Tribunal de Justiça deixa população aguadocense revoltada pelas ruas da cidade.

A população de Água Doce do Norte enfrentará dias difíceis muito em breve, isso por conta de uma decisão do Pleno do Tribunal de Justiça que aprovou por unanimidade a unificação das Comarcas de vários municípios capixabas.

Água Doce do Norte por exemplo será extremamente prejudicada com essa decisão, pois assim que essa norma passar a valer, todos os assuntos que hoje são resolvidos no município, deverão ser encaminhados e analisados no fórum de Barra de São Francisco, isso vale desde as grandes audiências, até uma simples consulta de processo físico.

Importante lembrar que por muito tempo a população de Água Doce do Norte lutou pela construção do prédio que hoje consiste o Fórum municipal da cidade, e com essa decisão do Tribunal de Justiça de unificar as comarcas, o imóvel ficaria praticamente inutilizável, servindo no máximo como um simples posto de atendimento ao público. Em outras palavras, sem serventia para a população.

O prejuízo para o município de Água Doce do Norte se torna incalculável quando pensamos por exemplo no lado econômico, afinal as pessoas terão a necessidade de se deslocar até Barra de São Francisco, e consequentemente gastar no comércio francisquense, se aproveitando da oportunidade de já estarem lá, deixando de movimentar a economia de Água Doce do Norte, e enriquecendo vários comerciantes de outro município.

Os advogados de Água Doce do Norte também estão inconformados com essa situação, pois terão um deslocamento constante de aproximadamente 80km diários, gerando um  cansaço corporal e mental, além de um gasto financeiro desnecessário por conta dessa decisão considerada pelos colegas da advocacia como “precipitada” por parte do Tribunal de Justiça.

A advogada aguadocense, Geisa Sigesmundo, se diz transtornada com essa situação “Isso pode abrir uma porta para que outros retrocessos aconteçam, quem sabe no futuro possamos voltar a ser distrito de Barra de São Francisco.” Disse, Geisa ao site Portal ADN.

O prazo para finalizar o processo de transição das comarcas foi estipulado para os próximos 30 dias, no entanto a OAB pretende enviar um recurso junto ao CNJ para que uma nova audiência seja realizada, afinal todas as comarcas são criadas através de leis, e pode ser que alguns deputados resolvam comprar essa briga em benefício da população.

A população aguadocense pode contribuir assinando uma petição pública divulgada por alguns membros da OAB que pretendem lutar até o fim para o cancelamento dessa “Integração de Comarcas” proposta pelo Tribunal de Justiça, para assinar Clique aqui e pressione assinar essa petição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here