Início destaque Em Ecoporanga homem é preso por desacato ao decreto do Governo

Em Ecoporanga homem é preso por desacato ao decreto do Governo

- Advertisement -

Na noite do último sábado, 21 de março, em Joassuba, distrito de Ecoporanga, um homem foi preso por desacato a autoridade policial e desobediência ao decreto do governo estadual que estabelece que a população evite qualquer tipo de aglomeração em público.

A Polícia Militar foi acionada e compareceu no distrito de Joassuba por volta das 23h10min da noite de sábado (21), o motivo da ligação anônima era por conta de um veículo com o som ligado muito alto onde as pessoas se aglomeraram ao redor, ao chegar no local o policiamento solicitou que o som fosse desligado e as pessoas que ali estavam se deslocassem para suas respectivas residências no intuito de evitar qualquer tipo de aglomeração por conta do risco de contágio do Coronavírus.

O proprietário do veículo imediatamente cumpriu a ordem dada pelos policiais desligando o som automotivo, a guarnição então se deslocou para atender outras ocorrências, porém minutos depois ao perceber que o policiamento havia se retirado, o homem voltou a ligar o som provocando o retorno da guarnição até o local que novamente solicitou o desligamento do aparelho, porém dessa vez o homem disse aos policias que não iria desligar o som, “comprei e paguei” e começou a ofender os policiais com vários palavrões. Os policiais deram voz de prisão ao cidadão e utilizaram algemas para prender o homem que acabou ficando muito agressivo.

O indivíduo foi levado para a delegacia de Barra de São Francisco e foi entregue para as autoridades tomarem as medidas necessárias.

 

Fonte: Informações do site AgitaEco

- Advertisement -
Rodolpho Rochahttps://portaladn.com.br
Empresário, Árbitro de Futebol e apaixonado pelo Jornalismo local.
- Publicidade -

Stay Connected

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Must Read

- Publicidade -

Related News

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui