Início COLUNISTAS Mair Gomes Acessibilidade

Mair Gomes Acessibilidade

- Advertisement -

A construção de uma sociedade, efetivamente, com acessibilidade nos setores de serviços essenciais é um processo que necessita de ampliação das políticas públicas que se sensibilizem e tenham empatia para planejar e efetivar ações capazes de eliminar as barreiras existentes e promover a inclusão das Pessoas com Deficiências.

Dentro de todos os setores importantes da sociedade e de nossas necessidades, temos na comunicação a base da interação entre os pares. Comunicação não se limita somente a linguagem verbal,  comunicação é a ação de transmitir uma mensagem, para que a comunicação seja exercida por todos muitos recursos foram sendo incorporados para a transmissão, entendimento e comunicação das Pessoas com Deficiências quando por algum motivo não conseguem se beneficiar da linguagem oral.

LIBRAS é a Língua Brasileira de Sinais utilizada pela comunidade surda, para expressar suas ideias, sentimentos e sua cultura.  A leitura labial e os gestos também fazem parte do processo de entendimento da mensagem, por isso com a necessidade do uso de máscaras devido a pandemia houve a preocupação em permitir aos surdos e aos que convivem com ele a máscara com um material transparente na região da boca. A figura do intérprete de libras nos programas de televisão e outros passa a fazer parte da programação de muitas redes de comunicação, no entanto ainda não atende totalmente sua função em se considerando o tamanho da tela do intérprete. O uso de legendas automáticas em alguns programas  oferece o entendimento da mensagem, mesmo que parcialmente devido a falta de coesão e fidelidade ao texto original.

                           

Comunicação alternativa é um recurso muito utilizado nos casos onde a audição e visão estão preservados, no entanto por alguma condição neurológica a pessoa apresenta um atraso ou ausência da fala, dentre esses casos temos o autismo, a comunicação alternativa é baseada em uma ciência muito difundida no meio educacional conhecida como ABA, a comunicação passa a ser entendida pela pessoa como um recurso possível de transmissão de uma mensagem e do entendimento dos seus sentimentos e desejos, a comunicação alternativa pode vir em pranchas com as atividades diárias da vida da pessoa, com aplicativos para tablets e celulares onde podem ser programados de acordo com o foco de interesse da pessoa.

O BRILLE é muito utilizado para a educação das pessoas cegas, existe uma série de materiais que foram traduzidos para o braille para permitir que todos tenham acesso às informações e possam ser inseridas no contexto social e cultural. A construção de produtos em alto relevo, molde vazado, aplicativo ledor são outros recursos disponíveis atualmente.

         

Cabe ressaltar que não foram elencados aqui todos os recursos disponíveis para atender a pessoa surda e cega, informo que os termos utilizados ao se referir a pessoa “surda” e “cega”, estão corretos. A comunidade surda sente orgulho de sua cultura e identidade, os cegos lutam por bens e serviços capazes de atender e promover a autonomia em suas ações. Os termos deficientes visuais e deficientes auditivos são utilizados quando nos referimos a pessoas que possuem perdas consideráveis ou não, mas que causam prejuízo em suas atividades, para tais pessoas os recursos citados acima podem ser utilizados para auxiliar na comunicação, outra coisa importante de se ressaltar é que a pessoa surda não nasce sabendo libras e a pessoa cega sabendo utilizar o braille, é necessário estudo e prática.

- Advertisement -
- Publicidade -

Stay Connected

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Must Read

- Publicidade -

Related News

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui