Home ADN Caso Syang: Deputado entra na briga e exige investigação e apuração dos fatos que levaram mãe e filha a morrerem dentro de ambulância do SAMU em Água Doce do Norte.

Caso Syang: Deputado entra na briga e exige investigação e apuração dos fatos que levaram mãe e filha a morrerem dentro de ambulância do SAMU em Água Doce do Norte.

0
Caso Syang: Deputado entra na briga e exige investigação e apuração dos fatos que levaram mãe e filha a morrerem dentro de ambulância do SAMU em Água Doce do Norte.

Sabemos o quanto é chato voltar ao assunto e relembrar o que aconteceu com Syang Siqueira de apenas 21 anos, gravida de 9 meses e que veio à óbito na madrugada da última segunda-feira (22), junto de sua filha Malya que estava em seu ventre, enquanto era atendida dentro da ambulância do SAMU em frente ao Centro de Saúde de Água Doce do Norte.

Relembre o caso clicando aqui neste link.

Desde então, o assunto ganhou uma grande proporção, e veículos de comunicação do estado inteiro publicaram o assunto que deu o que falar nas redes sociais, inclusive com relatos pessoais de pessoas que contaram passar por situações parecidas, que de acordo com elas, foram vítimas de negligência médica em cada um dos casos contados.

A história agora passa a ganhar mais um capítulo, pois ao ficar sabendo dos fatos, o atual deputado estadual Mazinho dos Anjos (PSDB), enviou um ofício ao secretário estadual de saúde, Miguel Duarte, solicitando ao chefe da SESA, que um procedimento administrativo seja instaurado o quanto antes, a fim de apurar os fatos e evitar que novas ocorrências dessa natureza voltem à acontecer.

“É preciso que haja muito rigor e celeridade nessas apurações para que se dê uma satisfação à sociedade e se saiba se houve negligência médica no atendimento à jovem mãe no Hospital Dr. Alceu Melgaço Filho; se houve falha no atendimento prestado pela equipe do SAMU, de responsabilidade do Consórcio de Saúde da região, em cuja ambulância Syang morreu depois de ficar uma hora e meia parada; ou se houve falha da Central de Regulação em Vitória, de responsabilidade da Secretaria”. Disse Mazinho.

Vale lembrar que Mazinho, além de deputado, também é advogado e já ocupou o cargo de subsecretário de estado de saúde no passado.

Mazinho se junta à toda comunidade aguadocense, que se viu incapaz de obter uma resposta convincente que explicasse a morte de mãe e filha. Nos próximos dias, o parlamentar prometeu acompanhar pessoalmente as apurações do fato e manter toda população de Água Doce do Norte bem informada sobre o que aconteceu, principalmente os familiares de Syang e Malya.

Leandro, marido de Syang Siqueira se manifesta e fala pela primeira vez sobre a morte de sua esposa gravida de 9 meses.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here